PF cumpre mandado de busca e apreensão na casa de Collor, Ciro Nogueira e Fernando Bezerra


A Polícia Federal iniciou na manhã desta terça-feira (14) a operação Politeia, um desdobramento da Lava Jato, com execução de mandados de busca e apreensão em casas de políticos. Foram confirmadas buscas nas casas do senador Fernando Collor (PTB-AL) em Brasília e em Maceió, a casa do senador Ciro Nogueira (PP-PI) em Brasília, a residência do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), e a casa de Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
Ao todo, a polícia tem 53 mandados para cumprir, autorizados pelos ministros Teori Zavascki, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). Os mandados fazem parte de seis inquéritos do Supremo que investigam políticos dentro da operação Lava Jato.
Segundo a polícia, o obejtivo é evitar que provas importantes sejam destruídas pelos investigados. As buscas ocorrem na residência de investigados, em seus endereços funcionais, sedes de empresas, em escritórios de advocacia e órgãos públicos.
Na capital alagoana,  agentes da polícia também cumpriram mandado no prédio da TV Gazeta, afiliada da TV Globo. A Gazeta tem Collor como um dos principais acionistas. Agentes também realizaram buscas na Organização Arnon de Mello (OAM), pertecente à família.
No Rio de Janeiro, a PF realizou buscas no p´redio da BR Distribuidora. No estado, há ainda outros 4 mandados para serem cumpridos.
Além de Alagoas, Distrito Federal e Rio de Janeiro, também há mandados para os estados da Bahia (11), Pernambuco (8), Alagoas (7), Santa Catarina (5) e São Paulo (5). Cerca de 250 policiais federais participam da ação em todo o país.
Segundo a PF, Politeia, em grego, faz referência ao livro “A República” de Platão, que descreve uma cidade perfeita, onde a ética prevalece sobre a corrupção.




G1 
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário