Projeto Alumbrar lança 'Caderno de Cultura da Paraíba' nesta terça-feira


Caderno de Cultura da Paraíba é produção do projeto Alumbrar (Foto: Aline Oliveira / G1)
Cerca de 600 alunos das 14 regionais de ensino da Paraíba participam nesta terça-feira (11) da celebração pelo Dia do Estudante promovida pelo projeto Alumbrar, que vai lançar o ‘Caderno de Cultura da Paraíba’. O evento acontece às 14h no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural, e conta com a presença da gerente geral de Educação da Fundação Roberto Marinho, Vilma Guimarães.
O autor do livro, o paraibano Bráulio Tavares, vai dar uma aula-espetáculo e falar sobre os folguedos, a nau catarineta e a ciranda para os estudantes. Outros elementos como o arrumadinho, a manteiga da terra e a umbuzada também estão no repertório do artista. A orquestra do projeto Prima, composta por estudantes da rede estadual de ensino vai encerrar a programação com música regional.
Sala de aula onde é desenvolvido o projeto Alumbrar (Foto: Divulgação/Maria José Figueiredo)Sala de aula do projeto Alumbrar
(Foto: Divulgação/Maria José Figueiredo)
O Alumbrar utiliza a Metodologia Telessala para promover a correção da distorção entre a idade e o ano letivo do estudante. O objetivo é reorganizar a trajetória escolar desses estudantes e motivar a continuação dos estudos, permitindo seu ingresso no ensino médio no tempo adequado. Atualmente, o projeto está presente nas 14 regionais de ensino atendendo 7. 604 estudantes. No ano passado, era 120 turmas, número que pulou para 205 este ano.


G1
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário