Gaúcha é presa suspeita de aplicar golpe na venda de carros em JP; polícia orienta

Quadrilha tem agido há pelo menos três anos na Paraíba e vários integrantes já forma presos, mas outros ainda estão na mira da polícia; quem diz é o delegado de Defraudações Luca Sá


A gaúcha Jussandra Colla, de 33 anos, foi presa em João Pessoa na sexta-feira (3), em suspeita de estelionato na venda de veículos. O fato só foi divulgado oficialmente nesta terça-feira (8). A identificação de Jussara também foi repassada oficialmente pela Secretaria de Comunicação da Paraíba.

A Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) divulgou que ela foi presa enquanto fechava o financiamento de um veículo importado, avaliado em R$ 110 mil, com documentos falsos.

De acordo com as investigações, Jussandra teria comparecido a uma concessionária no bairro de Jaguaribe com outras duas pessoas, portando documentos do estado de Pernambuco. “O setor de fraudes da instituição financeira responsável pelo trâmite de compra verificou a tempo a falsidade e entrou em contato com a DDF, permitindo a descoberta da fraude e a prisão em flagrante”, explicou o delegado Lucas Sá, titular da especializada.

Ainda segundo o delegado, a suspeita primeiramente se identificou como Niedja Flávia, mas logo depois confessou seu verdadeiro nome e disse ser promotora de vendas, vinda da cidade de Ametista do Sul/RS. “As investigações da Polícia Civil permitiram comprovar que ela integra uma organização criminosa especializada na negociação de veículos de maneira fraudulenta. O grupo vem atuando há pelo menos três anos em João Pessoa e em outras cidades da Paraíba”, revelou Lucas Sá, acrescentando que pelo menos cinco integrantes desse grupo criminoso já foram identificados, e serão devidamente investigados e processados criminalmente pelas fraudes praticadas.

A delegacia de Defraudações e Falsificações orienta a população que verifique a procedência de qualquer veículo negociado, entrando sempre em contato com o proprietário legal do veículo. “Em qualquer situação atípica ou descumprimento contratual, a DDF está à disposição da população, atendendo diariamente”, frisou o titular da delegacia especializada.





Correio
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário