Alpargatas instalada em Campina Grande, foi colocada a venda

Empregando mais de 10 mil trabalhadores nos três turnos, a unidade da fábrica Alpargatas instalada em Campina Grande, foi colocada a venda. O grupo Camargo Corrêa anunciou ter colocado à venda parte de seus negócios, entre eles a Alpargatas (dona da Havaianas), uma fatia da divisão de cimento InterCement e não descarta se desfazer da participação que tem na CPFL, de energia. O grupo não descarta demissões, oque tem deixado os trabalhadores apreensivos.

A intenção é reduzir o endividamento, (atualmente em R$ 15,7 bilhões) e provisionar recursos para a quitação de multas provenientes da “Operação Lava Jato”. A Camargo Correa é uma das 23 empreiteiras envolvidas no escândalo do “Petrolão” e já acertou a devolução de R$ 700 milhões aos cofres públicos.

O valor de mercado da Alpargatas, que tem um peso decisivo na economia da Paraíba, particularmente de Campina Grande, é de R$ 3 bilhões, conforme o jornal O Estado de São Paulo.

Na Paraíba a Alpargatas mantém fábricas em Campina Grande e em Santa Rita . A unidade campinense era responsável pela produção de 100% das famosas sandálias havaianas, vendidas no mundo inteiro, mas ano passado 30% da produção passou a ser fabricada na moderníssima unidade inaugurada em Montes Claros (MG) e somente não houve corte de pessoal em Campina Grande por conta dos incentivos fiscais generosamente ofertados ao grupo pelos governos do Estado e do Município.

A fábrica mineira está produzindo anualmente 102 milhões de pares de sandálias havaianas, inicialmente ocupando um terço da área de 370 mil metros.


PBAgora
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário