Ano de 2015 deve se tornar o mais quente desde 1880

Os especialistas atribuem a grande quantidade de anos quentes em sequência ao aquecimento global

As temperaturas globais em 2015 estão bastante acima das registradas no ano passado, que foi o mais quente já registrado. Ou seja, pelo andar da carruagem, teremos um novo recorde de temperatura anual. Os dados da Noaa, a agência americana dedicada aos oceanos e à atmosfera, mostram que, exceto se algo absolutamente inesperado ocorrer, ninguém vai tirar a “taça” das mãos de 2015.


Dos dez meses mais quentes da história, seis aconteceram em 2015: setembro (1º lugar), fevereiro (3º), março (4º), agosto (5º), junho (6º) e maio (9º lugar). Mundo mais quente – Temperatura média até setembro indica que 2015 será o ano mais quente já registrado Todos os outros quatro aconteceram de 1998 para cá: janeiro de 2007 (2º), fevereiro de 1998 (7º), março de 2010 (8º) e dezembro de 2014 (10º).

Os especialistas atribuem a grande quantidade de anos quentes em sequência ao aquecimento global. Em dezembro, uma conferência internacional sobre o assunto ocorrerá em Paris. Os países buscarão um acordo para cortar as emissões de gases-estufa como o CO2, que esquentam o planeta. Neste ano, há ainda um forte fenômeno El Niño, que se caracteriza pela elevação da temperatura do oceano Pacífico –a última vez que isso tinha acontecido foi nos anos de 1997 e 1998, o que mostra que a tendência de aumento da temperatura independe do fenômeno.

Da Folha
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário