Estados e municípios receberão R$ 1,95 bilhão em 2015, diz governo



O Ministério da Fazenda informou que pagará em quatro parcelas, até o fim deste ano, R$ 1,95 bilhão aos estados e municípios relativos ao Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) do ano de 2014 - que é uma forma de complementação à chamada "Lei Kandir", que compensava perdas com as vendas externas.
Segundo o governo, a lei 13.166, sancionada nesta quinta-feira (1) pela presidente Dilma Rousseff e publicada no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira, dispõe sobre a prestação deste "auxílio financeiro" concedido pela União aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios.
De acordo com o Ministério da Fazenda, a lei prevê, conforme proposta do Executivo, que o montante seja entregue em quatro parcelas iguais de R$ 487,5 milhões até o último dia útil dos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2015.
"A primeira parcela referente ao mês de setembro, no montante de R$ 487,5 milhões, será disponibilizada aos Estados e municípios na próxima segunda-feira, 5 de outubro, conforme critério de distribuição entre entes estabelecido pelo Conselho Nacional de Política Fazendária [colegiado que reúne os secretários de Fazenda dos estados]", acrescentou o governo.
Informou ainda que os municípios em cada Estado receberão 25% dos recursos da arrecadação federal distribuídos para o Estado onde eles se localizam.
O Tesouro Nacional lembra que o FEX foi constituido "dada a importância para o país em obter superávits comerciais com o objetivo, dentre outros, de reduzir a vulnerabilidade externa da economia brasileira". "A Constituição Federal de 1988 desonerou de tributos as exportações, dentre eles o imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comuni-cação (ICMS)", informou.
O Tesouro Nacional lembra ainda que, dada a importância para a economia brasileira do esforço exportador de Estados e Municípios, o governo resolveu "premiar" a cooperação dos demais entes federativos nesse empreendimento, criando uma nova modalidade de entrega de recursos denominada Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).



PB.com
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário