Mulher é presa acusada de desviar cerca de R$ 70 mil da empresa onde trabalhava


A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Defraudações, prendeu uma mulher de 45 anos, acusada de desviar cerca de R$ 70 mil da loja onde trabalhava. A polícia chegou até a mulher depois que a proprietária do estabelecimento percebeu o ‘rombo’ na empresa.
A proprietária fez uma reunião para discutir a situação e como a mulher foi a única a não comparecer e abandonou o emprego, a dona da loja acionou a polícia que passou a investigar o caso.
A mulher foi presa nesta quinta-feira em sua residência no bairro Ernesto Geisel, em João Pessoa. Ela confessou o crime e disse que todas as vezes em recebia cheques pelo pagamento das compras feitas pelo clientes, trocava com agiotas e não repassava o dinheiro para a empresa onde trabalhava. Para justificar o não pagamento, ele alegava que o cliente não tinha efetuado o pagamento das compras.
De acordo com o delegado Lucas Sá, da Delegacia de Defraudações e Falsificações, a mulher, além de apropriar indevidamente dos cheques teria destruídos documentos do estabelecimento para dificultar investigações sobre o crime.
Ao saber que poderia ser descoberta, a suspeita abandonou o trabalho, mas foi encontrada pelos policiais.. Ainda segundo o delegado, na casa da suspeita foram encontrados dezenas de cheques bancários no valor de R$ 30 mil.

PB.com

Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário