Criatura estranha é encontrada em residência no Centro de Nova Palmeira

Foto: Ceiça Costa
Lagarta-aranha
Uma criança de apenas sete anos encontrou no muro de sua residência, na manhã desta segunda-feira, 11, na cidade de Nova Palmeira, um animal incomum para a região do Seridó paraibano.

Ao perceber e achar estranho a criatura, a criança contou para sua mãe que, por nunca ter visto coisa igual, pediu para a filha se afastar, com medo de ser algo venenoso.

Em contato com o grupo de WhatsApp Leitores do Blog NP, a mãe relatou que o animal parecia uma lagarta em processo de metamorfose.

O bicho encontrado são formas imaturas de representante da ordem Lepidoptera (borboletas e mariposas), pertencem a família Limacodidae e do gênero Phobetron. Quando é uma jovem lagarta, apresenta três projeções longas de cada lado do corpo achatado.

Animal foi encontrado em muro de uma residência em Nova Palmeira

Além disso, o corpo é todinho peludo. Os pelos (cerdas) não são venenosos como muitas pessoas pensam, mas aqueles que têm sensibilidade podem sentir alguma reação. Como todos os limacodidídeos, as pernas são encurtadas e as “prolegs” (falsas pernas) são reduzidos como ventosas. A mariposa adulta tem uma envergadura de asa de até 3 cm.

São totalmente fitófagos e adoram comer folhas de figueira, cajueiro, macieira e outras. Por causa destas características é também chamada de Lagarta-aranha (e parece mesmo com uma), lagarta-macaco e em inglês são chamadas de Hag-moth, que significa “mariposa bruxa”.

Veja vídeo:


Blog de Nova Palmeira com Diário de Biologia
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário