Venda de imóveis: Polícia Civil prende empresário acusado de aplicar golpe superior a R$ 1 milhão


Um empresário foi preso em flagrante  na tarde desta quinta-feira (17) pela Polícia Civil da Paraíba acusado de aplicar um golpe de mais de R$ 1,1milhão com fraudes na negociação de imóveis. Gabriel Dias Maia, 28 anos, foi preso em sua residência no Bairro do Bessa, em João Pessoa.
De acordo com o delegado Lucas Sá, Gabriel é proprietário de uma empresa de cobranças – Factoring, situada no bairro de Manaíra e foi preso em virtude da negociação de dois imóveis que pertencem ao seu pai que precisou concluir seus estudos no exterior e deixou uma procuração para ele resolver pendências que pudessem aparecer.
No entanto, o empresário utilizou a procuração para vender o primeiro imóvel, avaliado em R$ 800 mil e não repassou valor algum ao pai, alegando que teria utilizado os valores para pagar dívidas. Ao retornar de sua viagem e perceber a conduta do filho, o pai revogou a procuração, mas não quis denunciar o caso à polícia.
Mesmo após a revogação da procuração, Gabriel Dias conseguiu negociar o segundo imóvel, avaliado em mais de R$ 300 mil, pertencente à sua irmã, recém-casada. “Gabriel aproveitou-se da viagem de lua-de-mel da irmã para levar o comprador ao imóvel, informando que o mesmo estaria ocupado por inquilinos, que sairiam agora no final do mês de novembro”, explicou Lucas Sá.
De acordo com o delegado, o empresário responderá pelo crime de estelionato, podendo ser condenado a até 5 anos de reclusão e aguardará na carceragem da central de polícia civil a realização da audiência de custódia.
Quaisquer outras vítimas do suspeito deverão procurar a Delegacia de Defraudações (DDF) para que os fatos sejam devidamente apurados e o prejuízo causado seja reparado. Quaisquer outras denúncias poderão ser encaminhadas pelo disque denúncia da polícia civil – tel. 197 (sigilo garantido).


PB.com
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário