Aumento dos vereadores é aprovado, mas só vale em 2018


O reajuste dos salários dos vereadores de Salvador foi aprovado na tarde desta segunda-feira (19), em sessão no plenário da Câmara Municipal. O aumento de 24,62% só valerá, entretanto, a partir de 2018.
Como o reajuste dos vereadores só acontece de uma legislatura para a outra, a cada quatro anos, os edis da capital baiana aprovaram o aumento em 2016, quando termina a 17ª Legislatura. Segundo o vereador Leo Prates, presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ), a decisão de congelar os salários para 2017 teve como motivo a crise econômica que afeta o país.
"Além do congelamento para 2017, criamos um dispositivo que, se for necessário, a mesa diretora poderá também decidir pelo congelamento dos salários para 2018. A Constiuição diz que somos obrigados a fixar a remuneração para a próxima legislatura, o que foi feito. Mas os efeitos financeiros serão para janeiro de 2018”, disse o vereador.
Segundo dados divulgados no site da Câmara Municipal de Salvador, o salário atual dos vereadores é de R$ 15.031,75. Com o reajuste aprovado, o valor vai para R$ 18.732,00.
Além do salário, cada vereador da capital baiana tem direito a contratar até 20 assessores, respeitando o limite da verba de gabinete de R$ 72.249,97. Os edis de Salvador ainda ganham vale-refeição mensal de R$ 2.200,00 por gabinete, tíquete-combustível mensal de R$ 2.500,00 por gabinete, 500 selos para correspondências por mês e até R$ 420 para uso de telefonia móvel.

G1 
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário