PB começa ano com 6,4 mil demitidos, maior número para janeiro desde 2003

Caged levantou também os dados nacionais e aponta que foram fechadas 40.864 postos de trabalho formais, que são aqueles com carteira assinada




A Paraíba perdeu 6.438 empregos formais no começo de 2017, no pior janeiro desde o início da série histórica em 2003, quando foram cortadas 4.115 vagas no estado. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (3) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Conforme o Caged, a indústria foi responsável pelo maior número de demissões, cortando 4.219 vagas, seguida pela agropecuária, com 2.464 postos fechados, e pelo setor de serviços, que fechou 222 empregos. Já o comércio começou o ano com saldo positivo, criando 375 novas vagas.

O Caged levantou também os dados nacionais e aponta que foram fechadas 40.864 postos de trabalho formais, que são aqueles com carteira assinada.
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário