Acusado de aterrorizar família na zona rural de Currais Novos, preso em Frei Martinho, foi liberado pelo o Delegado de Plantão

Mais de 35 horas de perseguição, vários Policiais Militares do RN e PB envolvidos, varias guarnições dentro da mata a procura os suspeitos de realizarem arrastão no Sitio Caraúbas, zona rural de Currais Novos, onde uma família viveu momentos de terror e o agricultor, dono do sítio, se encontra em Natal hospitalizado e passará por duas cirurgias após ser brutalmente espancado, um dos acusados preso com objetos das vítimas foi ouvido e liberado pelo o delegado de plantão.

O Delegado interpretou que não houve flagrante continuado, considerou que todos os esforços dos policiais militares durante as diligências não representou uma perseguição ininterrupta, pois não havia a visualização dos acusados.

o suspeito identificado como Jeferson Enéias de Azevedo, 23 anos, residente em Carnaúba dos Dantas, que já cumpriu pena por tráfico de drogas, confessou esse crime e vários outros, mesmo assim foi ouvido, liberado e responderá em liberdade.

Por: J Júnior - Fotos: Adailson Carlos

ENTENDA O CASO

A Polícia Militar de Frei Martinho, com ajuda da população, que ficou chocada com a barbaridade do crime cometido contra uma  família na madrugada da sexta (10), no Sítio Caraúbas, onde quatro indivíduos invadiram e espancaram um senhor que foi socorrido em estado grave para Natal,prendeu o primeiro acusado Jeferson Enéas de Azevedo, 23. Trata-se de um velho conhecido da polícia, conhecido por 'Galeguinho de Neinha', residente na Rua Ivan Roque, no Bairro São José em Carnaúba dos Dantas.


Já o segundo, que já cumpriu pena por tráfico de drogas, identificado por Caio José de Moura Dantas, conhecido por Guga, foi preso na noite desse sábado (11), na Comunidade Timbaúba, município de Frei Martinho.
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário