RC diz não ter pressa, mas adianta que reforma administrativa vai além da saída dos pré-candidatos

O governador Ricardo Coutinho (PSB) adiantou nesta quinta-feira (11) que fará ajustes na equipe de governo, além das mudanças que serão necessárias a partir da saída de auxiliares que disputarão as eleições de outubro. O socialista lamentou a saída de Bruno Roberto (PR) da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer e garantiu que a decisão do filho do deputado federal Wellington Roberto (PR) foi pessoal e não política.
“Evidentemente que eu queria muito que ele continuasse, mas ele tem outros afazeres, escreveu isso e me disse isso pessoalmente. Na verdade, o secretário Bruno queria sair desde junho do ano passado, porque ele tem outros planos para sua vida pessoal, planos profissionais, inclusive. Reafirmou isso e conseguiu ficar até agora, mês de janeiro”, disse.
Questionado sobre a reforma administrativa, o governador disse que ainda não está pensando nisso, mas adiantou que no momento certo fará as mudanças necessárias. “Tem tempo, as coisas estão caminhando dentro dos eixos. Não há um dia na Paraíba que você não veja o estado se movimentando (…) No momento exato eu vou ver os que sairão para disputar as eleições, ver outros ajustes que serão necessários, e vou fazê-los, tranquilamente”, disse.
As declarações foram dadas esta manhã, durante a solenidade de pré-embarque de intercambistas do Programa Gira Mundo para Portugal.
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário