Servidores aprovam paralisação das atividades em Pedra Lavrada

Em assembleia geral extraordinária realizada na manhã desta terça-feira (27), os servidores de Pedra Lavrada aprovaram a paralisação dos serviços públicos até que o prefeito, Jarbas Melo, garanta o cumprimento da legalidade no município. 

Após reiteradas tentativas de negociação com a gestão, realizadas pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC), as várias categorias funcionais de Pedra Lavrada decidiram por cruzar os braços até que a situação se resolva.

As reivindicações no município envolvem o pagamento do décimo terceiro e do terço de férias de 2017, a complementação das perdas inflacionárias das categorias que recebem salários acima do mínimo nacional, além da adequação dos salários dos profissionais da educação ao Piso Nacional do Magistério.

Em relação ao terço de férias, a Prefeitura fez um parcelamento dos pagamentos sem nenhuma consulta aos trabalhadores.

Encaminhamentos
A assembleia decidiu que as paralisações começarão na quarta-feira, 07 de março. Elas serão realizadas em dias alternados. Os dirigentes informam que a alternância visa atender às particularidades de todas as categorias.

O prefeito será notificado da decisão da assembleia. Após os trâmites legais, os dirigentes informarão o local de mobilização.

Em caso de atendimento das reivindicações, o movimento será encerrado. “O sindicato está aberto à negociação e aguarda o prefeito se manifestar em busca de uma solução para esses problemas”, afirmou o secretário de Comunicação do SINPUC, Janiel Dantas. blognp
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário