ANA libera e água do Boqueirão deve começar a ir para Acauã na sexta

A Agência Nacional das Águas (ANA) autorizou, nesta quarta-feira (7), a abertura de comportas do Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, para abastecimento do Açude Argemiro de Figueiredo (Acauã), em Itatuba. Conforme resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU), fica liberada a descarga de 4,8 hm³. 

Ao Portal Correio, o presidente da Aesa, João Fernandes, disse que comunicará o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) ainda nesta quarta sobre a decisão de abrir as comportas ainda na sexta-feira (9). O procedimento pode ser realizado até o dia 30 de junho deste ano.

“As vazões defluentes para atendimento à descarga serão definidas pela AESA em função do trânsito da água no trecho do Rio Paraíba compreendido entre o Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) e o Açude Argemiro de Figueiredo (Acauã), bem como da ocorrência de eventual recarga natural deste último”, destaca a resolução.

No texto, fica determinado também que a Aesa será responsável pelas medições das vazões e volumes do Açude Epitácio Pessoa. Esses dados deverão ser encaminhados à ANA semanalmente ou sempre que solicitados. Ainda de acordo com a resolução, a Aesa deve monitorar diariamente o trânsito da água no trecho do Rio Paraíba compreendido entre o Açude Epitácio Pessoa e o Acauã, a fim de definir a necessidade de manobras para aumento ou redução da vazão defluente do Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão).

“As manobras necessárias à manutenção das vazões definidas serão executadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), na condição de operador do Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), mediante comunicação prévia da Aesa”, complementa a resolução.


Boqueirão ultrapassa os 15%

Com o pleno funcionamento do eixo leste da transposição do Rio São Francisco e as últimas chuvas que foram registradas no Agreste da Paraíba, o açude Epitácio Pessoa, que abastece Campina Grande e várias cidades da região, está com seu volume de água em constante aumento.

A mudança no cenário estético e na realidade da barragem, que por muito tempo ficou em situação crítica, é nítido na imagem acima. O reservatório, localizado na cidade de Boqueirão, entrou na pior classificação da Agência Executiva de Gestão da Águas (Aesa), em meados de dezembro de 2016, quando o reservatório somava de água apenas 4,8% de sua capacidade, chegando ao status de Situação Crítica, de acordo com o monitoramento da Aesa.

O Agreste ficou à beira de um colapso hídrico. Apenas em meados de maio, que o volume do açude de Boqueirão saiu da classificação que estava e passou a assumir a condição de Reservatório em Observação. Agora, com 62.728.877 m³ de água (15,24% do volume total), a paisagem do açude Epitácio Pessoa deixou de lado aquele ambiente seco e assumiu um tom maior de vida. Essa é a maior quantidade de água na barragem desde setembro de 2015.

A situação do açude Epitácio Pessoa deve melhorar mais no decorrer da semana. Segundo a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pancadas de chuvas devem ser registradas nos próximos dias.

Portal Correio
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário