Resultado do concurso da PM e Bombeiros deve ser antecipado para 3ª

O cronograma do concurso que oferece 1.000 vagas para soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar está sendo cumprido e o resultado da primeira etapa do certame deve ser divulgado já na próxima terça-feira (8). As provas aconteceram no último domingo (28), com o comparecimento de 73.997 candidatos nos 166 locais de realização. Passarão para a próxima fase os 2 mil candidatos mais bem colocados, levando em consideração as vagas de cada opção. A data da segunda etapa do concurso também já foi confirmada para os dias 19 e 20 deste mês, que é o exame psicotécnico e tem caráter eliminatório. Nesta fase, serão feitas análises objetivas e padronizadas das características cognitivas, emocionais e da personalidade de cada candidato, aplicando um conjunto de procedimentos para avaliar a compatibilidade deles com a função de policial militar e de bombeiro militar. Para fazer um bom teste, os concorrentes devem dormir pelo menos oito horas na noite anterior, comer comidas leves e saudáveis nas horas que antecedem os testes e, principalmente, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas. Passarão para a terceira etapa os candidatos considerados indicados na avaliação psicológica.
O presidente da comissão do concurso da PM, coronel José Ronildo, alerta os candidatos para a terceira fase do concurso, que é o exame de saúde. “É importante quando sair a lista de classificados da prova intelectual, o candidato já ir observando o que se pede no exame de saúde, pois existem exames laboratoriais que levam um período mínimo de 12 dias para sair o resultado. Da divulgação do resultado da prova intelectual até o exame de saúde, é mais de um mês, então é fundamental que o postulante a uma vaga fique atento para não deixar para a última hora e correr o risco de ser reprovado”, orientou.
O exame de saúde tem previsão para acontecer no dia 18 de junho, no Centro de Educação da Polícia Militar, em Mangabeira VII, na Capital. Lá, os candidatos vão apresentar os 15 exames laboratoriais exigidos, que devem ter, obrigatoriamente, o nome e o número de identidade do candidato no exame, e passarão por uma inspeção para verificar a altura, capacidades visuais e auditivas, bem como a parte bucal e clínica. As últimas etapas do concurso são o exame de aptidão física e a avaliação social. Só após passar em todas as cinco fases e ficar dentro do número de vagas estabelecidas, é que o candidato será convocado para a pré-matrícula, que acontecerá em dois momentos diferentes.

Governo deve lançar Programa Paraíba Transparente

O Conselho Estadual da Transparência Pública e Combate à Corrupção na Paraíba discutiu o lançamento do Programa Paraíba Transparente, na manhã desta sexta-feira (4), durante a 11ª reunião do colegiado, na sede da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB), em João Pessoa. A iniciativa visa auxiliar os municípios, principalmente, na implementação de medidas de governo transparente previstas na Lei de Acesso à Informação (LAI). “O Programa deve ser assinado pelo governador Ricardo Coutinho ainda neste semestre”, informou o presidente do Conselho, Waldir Porfírio. Segundo ele, o Programa Paraíba Transparente é composto por dois Decretos: um que regulamenta a Lei Anticorrupção, e o outro, que cria a Carta do Usuário do Serviço Público; bem como dois Projetos de Lei: o que cria o Fundo de Combate à Corrupção e o que institui o Dia Estadual do Controle Interno. “A medida representa um avanço no Combate à Corrupção na Paraíba”, lembrou o presidente durante a reunião, que debateu outras ações do Conselho para o exercício deste ano de 2018. Além de discutir o lançamento do Programa Paraíba Transparente, o colegiado também deliberou sobre a realização de um Seminário de Compliance, na cidade de Campina Grande, no próximo mês de junho; a oferta de cursos à distância na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep) em parceria com a Controladoria Geral do Estado da Paraíba (CGE) e a criação de Conselhos da Transparência Pública e Combate à Corrupção nos municípios paraibanos em parceria com a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup). A 11ª reunião do Conselho Estadual da Transparência Pública e Combate à Corrupção na Paraíba contou também com as presenças do secretário da Controladoria Geral do Estado e do Comitê, Gilmar Martins; do representante da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças (Seplag), Fábio Maia; o secretário Executivo do Orçamento Democrático Estadual, Gilvanildo Pereira; do Poder Legislativo Estadual, deputado João Bosco Carneiro Júnior; do Ministério Público do Estado, promotor Leonardo Quintans; do Fórum Paraibano de Combate a Corrupção (Focco/PB), Eduardo Ferreira Albuquerque; da Procuradoria Geral do estado, o procurador Lúcio Landim Batista da Costa; da Secretaria da Administração, Ana Maria Cartaxo B. de Albuquerque.
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário