Paraibana de Nova Palmeira é eleita governadora do Rio Grande do Norte

Foto: Reprodução/G1
Fátima Bezerra foi eleita governadora do Rio Grande do Norte
O Rio Grande do Norte elegeu Fátima Bezerra (PT) para governar o estado potiguar a partir de 1º de janeiro de 2019 até 31 de dezembro de 2022. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, com 100,00% dos votos apurados, ela teve 57,60% dos votos válidos, o que equivale a 1.022.910 votos. O candidato Carlos Eduardo (PDT) obteve 42,40% dos votos válidos (753.035 votos). 

O povo do Rio Grande do Norte faz história ao eleger uma governadora de origem popular, a única a ser eleita governadora no pleito de 2018 em todo o país. Um fato novo na política estadual, uma quebra de paradigma. A população potiguar elege uma professora de origem modesta, que conseguiu ser deputada estadual e federal, senadora e agora governadora.

Campanha
Fátima Bezerra e Carlos Eduardo passaram ao segundo turno na disputa ao governo do Rio Grande do Norte com 748.150 votos (46,17% dos válidos) e 525.933 (32,45%), respectivamente, no dia 7 de outubro, quando foi realizado o primeiro turno das eleições 2018. Desde então, os dois candidatos começaram a buscar votos dos candidatos derrotados, muitos dos quais não declararam apoio a nenhum dos dois, e de eleitores indecisos.

Após passar ao segundo turno, Carlos Eduardo anunciou apoio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), apesar de seu partido, o PDT, ter anunciado apoio crítico ao presidenciável Fernando Haddad (PT). Do outro lado, além de partidos de esquerda e centro esquerda, Fátima conseguiu apoio de parte do PSDB, adversário comum nacionalmente, como o grupo político do presidente do partido, Ezequiel Ferreira de Souza.

Propostas
Entre as propostas apresentadas ao longo da campanha, Fátima prometeu fazer parcerias com as prefeituras do estado para criar mais vagas em creches. Na área de segurança, a candidata afirmou que vai valorizar os policiais, realizar concursos e equipar os agentes de segurança do estado.

A governadora eleita também prometeu fazer parcerias com a iniciativa privada e ampliar o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi) para as micro e pequena empresa, como forma de fomento ao emprego e afirmou que pretende criar um núcleo de prevenção à corrupção no âmbito da Controladoria Geral do Estado.

História de vida
Fátima Bezerra nasceu no ano de 1955, em Nova Palmeira, na Paraíba, e se mudou para Natal para continuar os estudos, no início da década de 70. Fátima é professora e pedagoga. Iniciou sua trajetória política quando era estudante na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Participou do congresso que marcou a reconstrução da UNE, em Salvador, e do Encontro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, realizado no Rio de Janeiro, que celebrou a volta de alguns exilados ao Brasil. Entrou para o magistério em 1980 e 1982 como professora da rede estadual e da prefeitura de Natal.

Filiada ao PT desde 1981, Fátima Bezerra elegeu-se deputada estadual por dois mandatos, em 1994 e 1998. Ela exerce o mandato de deputada federal desde 2002, quando foi eleita a deputada federal mais votada do RN. Em 2005, foi presidente da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados e é membro titular da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados desde o seu primeiro mandato federal. Atualmente FÁTIMA é Senadora do Brasil.

Blog NP com G1 RN
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário