OAB-CG protocola Pedido de Providências para combater morosidade processual na Comarca de Picuí

Foto: Reprodução
Reunião de advogados no TJPB
A Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Campina Grande (OAB-CG), por meio de sua Comissão de Acesso à Justiça (CAJ), protocolou na última segunda-feira, 19, Pedido de Providências (PP) no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), para combater a morosidade processual na Comarca e Picuí, que se encontra em estado de calamidade, com processos parados há mais de um ano, já que conta apenas com um juiz e dois servidores.

O documento foi elaborado por advogados da região e encaminhado pela Subseção, junto com um pedido urgente, para que fosse decretado um regime de jurisdição conjunta (mutirão) na Comarca de Picuí, face o estado de calamidade em que se encontra.  O PP foi entregue ao atual presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito, na presença do presidente eleito, também desembargador, Márcio Murilo da Cunha.

Estiveram na reunião no TJPB, além do presidente da OAB-CG, Jairo Oliveira e do presidente da Comissão de Acesso à Justiça, Orlando Virginio Penha, os advogados Rodrigo Guilherme, Dagbaldo Vasconcelos, Nilo Trigueiro e Edvaldo Gomes.

Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário