PB tem segunda menor taxa de desemprego do Nordeste, com 172 mil sem trabalho - Rádio Cenecista FM 89.9 - Site oficial
RÁDIO CENECISTA FM 89.9 - A PRIMEIRA DE PICUÍ, A PRIMEIRA DA REGIÃO

Anuncio No Post

PB tem segunda menor taxa de desemprego do Nordeste, com 172 mil sem trabalho

Compartilhar

No ranking do IBGE da região Nordeste, os estados da Bahia (15,5%), do Rio Grande do Norte (14,3%) e de Pernambuco (13,3%) apresentaram as maiores taxas de desocupação neste primeiro trimestre



A taxa de desemprego na Paraíba ficou em 10%, no primeiro trimestre deste ano, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual é o segundo menor da região Nordeste. O estado tem 172 mil pessoas desempregadas e uma população ocupada de 1,5 milhão.

Segundo o levantamento, o índice é superior apenas ao do estado do Piauí (9,6%), que apresentou a menor taxa do Nordeste. O índice paraibano de desemprego também ficou bem abaixo da média do Nordeste (12,8%) e da média do país (10,9%) no mesmo período.

No ranking do IBGE da região Nordeste, os estados da Bahia (15,5%), do Rio Grande do Norte (14,3%) e de Pernambuco (13,3%) apresentaram as maiores taxas de desocupação neste primeiro trimestre.

A pesquisa do IBGE mostra ainda que dos nove estados da região Nordeste, a Paraíba apresentou o menor avanço na taxa de desocupados no primeiro trimestre neste ano. 

Quando comparado ao mesmo período do ano passado ao deste, o índice paraibano subiu apenas 0,9 ponto percentual (de 9,1% para 10%). Já os demais estados da região registraram elevação bem mais forte na taxa. Pernambuco, por exemplo, lidera o avanço na taxa de desemprego com alta de 5,1 pontos percentuais, subindo de 8,20% para 13,3%. A Bahia também registrou forte alta na taxa (4,4 pontos percentuais), assim como os demais estados da região.

A média taxa de desocupação do Nordeste e do país também cresceu do percentual da Paraíba no primeiro trimestre. O Nordeste apresentou avanço de 3,2 pontos percentuais (de 9,6% para 12,8%). Entre os estados, a Bahia registra o maior índice de desemprego do país: 15,5%, a maior taxa da série, que teve início em 2012. Outros estados também mostraram índices de desemprego recordes. Em São Paulo, por exemplo, o desemprego ficou em 12%, e no Amapá e no Rio Grande do Norte, chegou a 14,3%. Todos acima da Paraíba. 


Correio/PB

Nenhum comentário:

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!