João Azevêdo comemora dia sem mortes por covid-19 na Paraíba: "vitória da ciência e da saúde pública brasileira" - Rádio Cenecista FM 89.9 - Site oficial
RÁDIO CENECISTA FM 89.9 - A PRIMEIRA DE PICUÍ, A PRIMEIRA DA REGIÃO

Anuncio No Post



João Azevêdo comemora dia sem mortes por covid-19 na Paraíba: "vitória da ciência e da saúde pública brasileira"

Share This

 

"Vitória da ciência e da saúde pública brasileira.", disse o governador. (Foto: Walla Santos)

O governador João Azevêdo celebrou a marca de zero mortes por Covid-19 na Paraíba nas últimas 24h. Em publicação nas redes sociais nesta segunda-feira (18), João Azevêdo afirmou que "estamos vencendo essa guerra com a vacina".

"Pela primeira vez, desde o início da pandemia, a Paraíba não registrou nenhum óbito por Covid-19 nas últimas 24h. A marca vem justamente no Dia do Médico, para celebrar o trabalho daqueles que estiveram desde o início na linha de frente, salvando vidas", disse João Azevêdo.

"Vitória da ciência e da saúde pública brasileira. Estamos vencendo essa guerra com a vacina. Por isso, é preciso reconhecer também o gesto da imensa maioria da população que buscou se vacinar", disse o governador.

"O esforço individual de cada um, desde os profissionais de saúde, ao cidadão que tomou a vacina, fez com que atingíssemos esse patamar baixo de números de transmissão e, consequentemente, de óbitos. Nossa luta é e sempre foi para salvar vidas!", concluiu. 

Pela primeira vez em 580 dias a Paraíba não registrou nenhuma morte em decorrência da covid-19 no boletim epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria de Estado da Saúde. Segundo apurou o ClickPB, no boletim desta segunda-feira (18), foram registrados somente 42 casos de covid-19, sendo 7 (16,67%) considerados como moderados ou graves e 35 (83,33%) leves.

A primeira morte decorrente de covid-19 na Paraíba foi registrada em 17 de março de 2020. Desde então, os boletins diários traziam sempre registros de novas mortes. No mês de março de 2021, a Paraíba chegou a registrar 73 mortes em um único dia.

A ampliação da cobertura vacinal é o principal fator para a desaceleração dos casos e mortes provocados pela covid-19. O secretário de saúde, Geraldo Medeiros, comemorou o novo marco e comentou que o quadro atual representa "a vitória da ciência se aproximando".

O Brasil registrou 197 mortes por Covid e 9.250 casos da doença, nesta segunda-feira (18). Com isso, o país chega a 603.521 vidas perdidas e 21.651.444 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Aos domingos, segundas e feriados, dados da pandemia são menores por atrasos de notificação nas secretarias de saúde.

O Rio de Janeiro não divulgou dados de mortes, nesta segunda, por problemas no sistema.

As médias móveis de mortes e de casos são agora de 322 e 10.050 por dia, respectivamente. Esses dados representam quedas respectivas de 33% e 40%, em relação aos dados de duas semanas atrás.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Por 

Nenhum comentário:

Anuncio No Post