Estudantes cortam pênis de bebê no lugar de cordão umbilical


Estudantes de medicina em Saltillo, no México, cometeram um engano inimaginável ao confundirem o pênis de um bebê recém-nascido com o cordão umbilical. A criança quase teve o órgão sexual decepado, mas passa bem.

Além disso, os estudantes tentaram esconder o erro dos pais do bebê. Inventaram uma cirurgia de emergência para “reparar uma pequena lesão” e tentaram consertar o problema. O procedimento ainda causou novas lesões no menino. 

Após várias horas, o pênis do recém-nascido conseguiu ser recosturado. Em nota, o Instituto Mexicano de Segurança Social declarou que "de acordo com as informações disponíveis, durante o trabalho de parto, ao se cortar o cordão umbilical, o prepúcio lesionou-se, e a situação foi corrigida com o procedimento habitual de circuncisão do bebê". O hospital já iniciou uma investigação interna com o apoio das autoridades mexicanas. 




Diário de Pernambuco 
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário