Campinense vira para cima do Coruripe e dispara na liderança e Botafogo joga para fugir do Z-4


O Campinense venceu o Coruripe-AL por 3 x 1, neste domingo (16), no estádio Amigão, em Campina Grande, no terceiro jogo como mandante na Série D do Campeonato Brasileiro, tendo vencido os dois que já disputou, contra o Globo FC e Serra Talhada.
Em jogo estava a liderança do Grupo 3 da competição e com isso, a equipe paraibana agora dispara com 11 pontos, abrindo ainda mais vantagem do segundo colocado. Agora são cinco pontos que separam a raposa do vice-líder que é justamente o time alagoano.
Na terceira colocação está o Globo FC, com quatro, seguido por Serra Talhada, com três, e Colo Colo, na lanterna, com dois.
Depois de fazer um primeiro tempo apagado - assim como todo o resto do time - Rodrigão detonou o Coruripe no segundo tempo. Praticamente perfeito dentro da área, o atacante do Campinense marcou três vezes: aos 4, aos 8 e aos 37 da segunda etapa. Primeiro ele aproveitou bom cruzamento de Everaldo para cabecear para as redes. Depois, aproveitou rebote de um chute de Túlio Renan e precisou tentar duas vezes para vencer o goleiro Rudson. E, por último, novamente após bom cruzamento de Everaldo, pegou de primeira e fez o seu terceiro e o terceiro da Raposa. Dono do jogo, o atacante saiu de campo sob os gritos de "Acabou o caô, o Rodrigão chegou".
Na próxima rodada, o Campinense vai folgar. A Raposa só volta a campo no dia 30, quando encara o Serra Talhada fora de casa, no Estádio Nildo Pereira.
Já o Coruripe joga no próximo fim de semana. O Hulk recebe também o Serra Talhada no Estádio Gérson Amaral no próximo sábado.
Ainda neste domingo, o Botafogo-PB vai tentar emplacar a primeira vitória fora de casa enfrentando o Confiança, em Sergipe, pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.
Para a partida, o técnico Ramiro Souza deve promover mudanças na escalação do time titular. Nos últimos treinos, Ramiro confirmou a entrada de Aírton na vaga de Alex Cazumba, na lateral-esquerda.
Outras mudança deve ser a entrada de Nata ou Guto na vaga de Doda, que está suspenso. Rone Dias e Samuel também disputam uma vaga.
Com isso, o Bota deve ser escalado com: Genivaldo; Gustavo, Walter, André Lima e Aírton; Zaquel, Jean Cléber, Nata (Guto) e Samuel (Rone Dias); João Paulo e Beto.





PB.com
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário