Gestor nega colapso em Campina Grande e diz que água do São Francisco chega em 2016

Declarações foram dadas por João Azevedo durante entrevista na RCTV; ele disse que a cidade vai começar a receber água do São Francisco em dezembro de 2016


Açude de Boqueirão
O secretário de Recursos Hídricos da Paraíba, João Azevedo, disse nessa quinta-feira (20) que Campina Grande tem água até 2017 e negou que a cidade estivesse perto de enfrentar um colapso no abastecimento. Ele foi o entrevistado do programa ‘27 Segundos’, da RCTV, canal por assinatura do Sistema Correio de Comunicação, no número 27 da NET digital.


Campina Grande é abastecida pelo açude Epitácio Pessoa, que fica na cidade de Boqueirão, região metropolitana do município. De acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), até essa sexta-feira (21), o reservatório tinha apenas 16,7% da capacidade.

Azevedo afirmou que o risco de colapso total só vai existir se até o início de 2017 o açude de Boqueirão não receber nenhuma quantidade de chuva.

Ele adiantou ainda que, em dezembro de 2016, está prevista a chegada da água da transposição do rio São Francisco, o que já deverá resolver muitos dos problemas de abastecimento da cidade, que tem mais de 402 mil habitantes e é a segunda maior da Paraíba.

Atualmente, Campina Grande e outras cidades da região enfrentam racionamento e ficam sem água das 17h dos sábados às 5h das terças.

Mesmo nessa condição, a Agência Nacional das Águas (ANA) e a Aesa assinaram na terça (18) uma resolução que determina a redução da quantidade de água do açude de Boqueirão e proíbe a utilização do recurso para irrigação ou qualquer outro fim que não seja para o consumo humano ou alimentação animal.






Correio
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário