Policiais se jogam na linha do trem para escapar de bandidos


Marcelo Camargo/ABr
Polícia Federal durante operação (Arquivo)
Três PMs foram cercados a caminho do serviço, trocam tiros e fugiram na direção dos trilhos após um soldado da Polícia Militar ser baleado durante uma tentativa de assalto na Rua Goiás, em Quintino, Zona Norte do Rio, na manhã de domingo (2).
Segundo o 9º BPM (Rocha Miranda), o agente, identificado como Rudnilmen Alberto de Jesus Pereira, seguia com outros dois PMs em um carro para o 5º BPM (Praça da Harmonia), onde são lotados no Grupamento de Policiamento Transportado em Ônibus Urbano (GPTOU), quando foram abordados e reagiram.
Cinco bandidos a bordo de um Hyundai I30 prata fecharam o carro, um Kia Cerato, onde os policiais estavam, quando os agentes desciam o Viaduto Compositor Wilson Batista, o Viaduto de Quintino, para acessar a Rua Goiás, em direção ao Centro. Os criminosos atiraram e os policiais reagiram, mas apenas dois deles estavam armados. Houve uma intensa troca de tiros até que a munição dos policiais acabou.
Os três, então, se jogaram na linha do trem, que margeia a via, para se proteger, mas Rudnilmen acabou sendo atingido por um tiro na altura do abdômen. Além disso, ele torceu o pé. O militar foi socorrido ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, e seu estado de saúde é considerado grave. Ele passou por cirurgia e está na sala vermelha da unidade.
Para fugir, os bandidos ainda roubaram um Pálio verde de uma inspetora da Polícia Civil que passava pelo local. Ela, que estava armada, nada sofreu. Os bandidos conseguiram fugir, deixando a agente no local.
De acordo com a 28ª DP (Campinho), o carro onde os militares estavam já foi periciado e os três agentes foram ouvidos. Eles tentaram identificar possíveis suspeitos por fotos.


IG 
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário