Greve do INSS pode estar perto do fim; servidores marcam protesto na Capital

A greve dos servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que já dura quase dois meses, pode seguir para o fim a partir desta quinta-feira (3). O Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência (Sindsprev) está em reunião, em João Pessoa. Nesta sexta-feira (4), os grevistas fazem atividades no interior do estado e planejam manifestação, exatamente no dia em que a presidente Dilma Rousseff (PT) visita a Capital.


O comando de greve na Paraíba informou que uma nova negociação entre a categoria e o governo federal estaria em andamento nesta quinta-feira (3), em Brasília, numa sinalização de que o movimento pode caminhar para o fim até a semana que vem. 


Apesar disso, o membro do Sindsprev, Elzevir Cavalcante, disse que essa situação ainda é condicional e que os servidores do INSS esperam uma flexibilidade maior do governo do federal nas negociações.

Segundo Elzevir, a categoria pede reajuste salarial de 27%, mas o governo quer 21,3%, dividido em quatro anos. “Não aceitamos essa proposta. Quatro anos é muito tempo para se conceder esse aumento e 21,3% também não é o que esperamos”, afirmou Elzervir.

O INSS parou em de agosto em todo o Brasil, inclusive na Paraíba, onde há 38 agências. A categoria está seguindo orientações das entidades sindicais que estão negociando em Brasília.

A manifestação está marcada para esta sexta (4), em frente a Gerência Executiva do INSS em João Pessoa, no Centro
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário