Possível delação premiada de Eduardo Cunha na Lava Jato pode envolver deputados paraibanos


Com a prisão de Eduardo Cunha (PMDB – RJ) ocorrida nesta quarta-feira (19), pode trazer uma possível delação premiada do ex-presidente da Câmara dos Deputados, e possivelmente, trazer revelações de vários políticos que estejam envolvidos diretamente na Operação Lava Jato.
Há pouco tempo atrás, Cunha tinha um pelotão chamado ‘tropa de choque’ na Câmara, que o defendeu durante o seu processo de cassação no Conselho de Ética da Casa e também na votação em plenário, onde culminou com o seu afastamento em definitivo do mandato de deputado. Entre os parlamentares de sua ‘tropa de choque’, tinha três paraibanos: Wellington Roberto (PR), Hugo Motta (PMDB), Manoel Júnior (PMDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP).
O deputado Wellington Roberto já se pronunciou a respeito sobre a especulação desta possível delação premiada de Eduardo Cunha; segundo o paraibano, “Cunha é temido porque é muito inteligente e correto em cumprir a palavra empenhada. Os que não têm coragem de falar a verdade que esperem”, disse ao jornal O Globo.
Hugo Motta que é apontado como muito próximo a família de Cunha e foi arrolado como testemunha de defesa de Cláudia Cruza, esposa do ex-presidente, foi procurado pelo Portal Paraíba, mas não respondeu as nossas mensagens. Motta não compareceu a sessão da cassação alegando problemas familiares.
Já o deputado Manoel Júnior que frequentava festas na casa de cunha e que foi responsável por grande parte da defesa do ex-aliado no Conselho de Ética da Câmara, já tinha recebido o nome de ‘traidor’ por ter votado a favor da cassação; também foi procurado pelo Portal Paraíba, mas não retornou as nossas ligações e mensagens.
Por último ficou o deputado Aguinaldo Ribeiro que assim como Manoel Júnior, também recebeu o nome de ‘traídor’ por Eduardo Cunha, por ter votado a favor de sua cassação. O mesmo não atendeu as nossas ligações.
Delação
A defesa do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) garantiu nesta quinta-feira que uma possível delação premiada por parte do parlamentar não está na pauta.


PB.com
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário