"Quem tem sede tem presa e nós não podemos esperar a vida toda”,

Foto: Divulgação
Romero em visita as obras da transposição
O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, liderando uma comitiva, visitou nessa quinta-feira (6), as obras de transposição das águas do Rio São Francisco, no Eixo Leste, no Cariri paraibano (Monteiro) e no estado de Pernambuco (Sertânia).



O grupo se dirigiu ao longo de todo o percurso de obra da transposição no município, parando em várias etapas da construção do canal, a exemplo do túnel escavado em montanha e estação elevatória. Segundo informações do engenheiro Marcílio Lira, a obra retomou um ritmo mais acelerado nos últimos dias e a previsão é de que a água do São Francisco chegue a Monteiro em abril de 2017.

A notícia não agradou em todo ao prefeito reeleito em Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), que confessou em entrevista aos jornalistas, estar preocupado sobre a chegada das água até a Rainha da Borborema.

“Visitamos os túneis e trechos da obra e constatamos que está bastante acelerada, mas o que os preocupa na verdade é a inexistência em termos de captação entre o município de Monteiro e Boqueirão, nada foi feito e mesmo após este prazo estabelecido, ainda pode demorar meses para esta água chegar em Campina. Na minha modesta opinião acho que poderia ser feito uma adutora de engate rápido, que emergencialmente supriria o abastecimento de Campina Grande, enquanto se conclui a obra de transposição na Paraíba. “Quem tem sede tem presa e nós não podemos esperar a vida toda”, disse.

Para que isto aconteça, Romero deve protocolar nos próximos dias uma audiência junto ao governador Ricardo Coutinho e ao próprio presidente Michel Temer, com quem pretende articular uma reunião através da bancada paraibana no Congresso Nacional para liberação de recursos.

“Estamos fazendo um material em vídeo para apresentarmos ao Presidente para pedir apoio nesta questão da adutora, embora sendo uma obrigação do Estado, mas temos que estender a mão e pedir ajuda para a solução definitiva do abastecimento de água de Campina porque de fato nós estamos vivendo uma situação emergencial”, arrematou.

Política Mais Cedo / BLOG NP
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário