Na Páscoa, Papa pede redescoberta da capacidade de sentir vergonha

O papa Francisco liderou católicos romanos em missas de Sexta-Feira Santa sob segurança reforçada, pedindo para pessoas, incluindo padres de sua Igreja, redescobrirem a capacidade de sentir vergonha por seus papeis nos problemas do mundo.
Francisco, de 81 anos, conduziu uma tradicional procissão da Via Crúcis (Caminho da Cruz) em torno do Coliseu, em Roma, frequentado por 20 mil pessoas no dia em que cristãos marcam a morte de Cristo crucificado.
A segurança estava mais reforçada do que no ano passado, com mais fiscalizações conforme participantes se aproximavam da área. Nesta semana, a polícia italiana realizou quatro operações contra possíveis apoiadores de terrorismo islâmico, prendendo sete pessoas, incluindo um homem que planejava um ataque usando um caminhão.
O Coliseu, no centro histórico de Roma, é uma das atrações turísticas em que a polícia colocou jipes militares e veículos armados para formar barreiras contra ataques com caminhões. Diversas barreiras também foram feitas em áreas próximas ao Vaticano.
A Sexta-Feira Santa marca o dia que a bíblia diz que Jesus foi crucificado. A Via Crucis marca 14 eventos, chamados de estações, do momento em que o governador romano Pôncio Pilatos condenou Jesus à morte até seu sepultamento em uma tumba.
G1
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário