Não portar cartão do SUS pode atrasar atendimentos

Não portar o Cartão Nacional do SUS pode causar demora no atendimento de pelo menos 12% dos pacientes que buscam serviços no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. O porte do cartão é obrigatório na busca por atendimento no SUS.
De acordo com o Trauma, 30 dos 250 pacientes diários não possuem ou esquecem de portar o cartão no momento do atendimento.
“O Ministério da Saúde determina que todas internações e atendimentos hospitalares devem conter nos seus registros o número do Cartão Nacional do SUS do paciente, mesmo nos casos de pessoas portadores de outros planos de saúde”, informou o Trauma.
O cartão do SUS é emitido pelas secretarias municipais de saúde. Para ter acesso ao documento, é necessário apresentar: comprovante de residência, CPF e certidão de nascimento.
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário