Pastor é preso suspeito de espiar mulheres em banheiros químicos

Um pastor foi preso em flagrante na manhã desse domingo (14), suspeito de abrir buracos em sete banheiros químicos femininos para espiar mulheres no Parque da Cidade, em Brasília. Peterson William Fontes, de 41 anos, é acusado de ter cometido o crime durante um evento de corrida no local.

De acordo com a Polícia Militar, por volta de 9h, frequentadores do parque chamam os policiais e relataram ter visto o homem espiando quem usava o banheiro.

O pastor foi preso em flagrante e levado para a 1ª Delegacia de Polícia e vai responder pelos crimes de importunação sexual e de dano. Se condenado, pode pegar de um a quatro anos de prisão.

Após ser preso, foram encontrados com Peterson uma lâmina de serra, um maçarico e fluido para isqueiro. Com esse material, ele esquentava a ponta dos metais para furar o plástico dos banheiros com mais facilidade.

O pastor é casado e tem um filho pequeno. Além de ministrar cultos em uma igreja em Águas Claras, no Distrito Federal, o homem também trabalha como vendedor de colchões.

Jéssica Nascimento
Colaboração para o UOL
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário