Polícia Civil desvenda mistério sobre idoso em Barra de Santa Rosa

Imagem compartilhada no WhatsApp 
Vítima
Depois de uma incessante investigação realizada pela família e de uma denuncia anônima, a equipe do delegado Décio de Souza Lima Filho, desvendou na tarde desta quinta-feira (6), o ministério da morte do idoso Roseno Manoel da Silva, de 72 anos de idade, que estava desaparecido há cerca de 50 dias. O corpo do idoso estava enterrado em um chiqueiro de porcos, no quintal da residência do autor do delito, José Alberto dos Santos Silva, vulgo Zeca, embaixo de uma malha de concreto.

As denuncias foram repassadas a equipe que foi até o local e constatou a veracidade das informações, prendendo o Zeca pela acusação de latrocínio (roubo seguido de morte), tendo o acusado confessado a autoria do delito e afirmado que estava sendo ameaçado pela vítima.

Na oportunidade foi aprendida uma espingarda, possivelmente utilizada no crime.

Assessoria com informações da família


Imagem compartilhada nas redes sociais
Senhor foi encontrado morto
Na manhã da quarta-feira (5) o senhor conhecido por Zé Moura de Janda, desapareceu misteriosamente. Por volta das 11 horas seus familiares sentiram sua falta e começou aí uma incessante busca por ele.

Familiares e amigos, em vão, o procuravam em todos os lugares em que ele frequentava. Por se tratar de uma pessoa muito conhecida e querida da cidade, mais pessoas se envolviam na procura. As redes sociais não paravam de buscar informação, e nenhuma notícia.

Depois de um dia inteiro a procura, sem sucesso, resolveram fazer uma análise nas câmeras de segurança de uma pousada vizinha a sua casa. Ao vasculharem as imagens, percebe-se que o idoso entrou em uma residência e não mais saiu. Diante dos fatos, algumas pessoas resolveram ir até a casa e, ao chegar lá, se depararam com o corpo do senhor já falecido há algumas horas. 

"Foi um momento de grande pânico", contou a dona da pousada, Vaninha, cuja imagens tinham sido produzidas por suas câmeras de segurança.

Segundo informações preliminares, há imagens de terceiros no vídeo. Até o fechamento dessa matéria, o IML ainda não havia chegado ao loca.

Fonte: Seridó PB
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário