Funcionária de loja e mais três são presos em JP por furtar celulares e causar prejuízo de R$ 22 mil


Quatro pessoas foram presas na noite dessa terça-feira (14) suspeitas de participar de um esquema criminoso responsável por furtar celulares de uma loja de eletrodomésticos situada dentro de um shopping em Manaíra, na Capital, e vendê-los com preço abaixo do mercado regular.
Entre os supostos integrantes da quadrilha, está uma jovem de 20 anos, que era é funcionária do estabelecimento. De acordo com a Polícia Militar, Laihsse Lohane de Moura Alves Cavalcante furtava aparelhos com valores geralmente superiores a R$ 1 mil e repassava os objetos ao namorado, Jandisson da Silva Santos, de 20 anos. Este, por sua vez, colocava outros dois suspeitos, Tomaz David da Silva Lopes, de 23 anos, e Rônyeres Everton Silva Souza, 19, para vender os celulares. Tomaz também é suspeito de tráfico de drogas. Os nomes e imagens dos suspeitos foram divulgados pela Secretária de Comunicação do Estado (Secom-PB).
A jovem foi presa na saída do shopping e através dela os policiais da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar chegaram até os outros três suspeitos, no bairro da Torre, onde ainda foram recuperados cinco celulares furtados da loja.
A gerente do estabelecimento estima que o grupo causou um prejuízo de mais de R$ 22 mil, com o desaparecimento de aparelhos celulares do estoque. 
Os quatro suspeitos presos foram levados para Distrito Integrado de Segurança Pública de Manaíra. A funcionária da loja foi autuada por furto e os outros três por receptação.



Correio
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário