Docentes da UFPB decidem manter greve, mas pedem saída unificada

Os professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiram, durante assembleias nesta sexta-feira (25), continuar a greve que acontece desde 28 de maio. No entanto, a categoria demonstrou uma disposição em sair da greve juntamente com outras universidades do país.


A assembleia do campus de João Pessoa aprovou a apresentação de uma proposta ao Comando Nacional de Greve, em Brasília, de um indicativo de fim unificado da greve. A partir disso, o Andes vai analisar a proposta. Uma data para esse retorno, no entanto, não foi sugerida.

Os campus de João Pessoa, Bananeiras Areia tiveram assembleias nesta sexta-feira. Todos votaram pela continuidade da greve, mas apenas o de João Pessoa aprovou o indicativo de saída unificada da greve. A próxima assembleia deve acontecer no dia 6 de outubro.

A pauta da paralisação é a campanha salarial, em conjunto com os demais servidores públicos federais do Poder Executivo, e questões de caráter mais específico, predominantemente relativas a benefícios, verbas, carreira e condições de trabalho.

G1 PB
Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista Picui PB

Postar um comentário