Casos de gripe diminuem mais de 85% e mortes por H1N1 se mantêm estáveis na PB



Os casos de influenza registrados na Paraíba apresentaram uma redução de 85,95% na comparação entre os meses de abril e junho deste ano. A redução, identificada desde o mês de maio, pode estar associada à campanha de vacinação contra a influenza, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (SES), quando mais de 755 mil pessoas foram imunizadas.

Segundo a SES, no período de 1º de janeiro a 28 de julho deste ano foram notificados 228 casos para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Desses, em 12,28% (28 casos) foram confirmados o agente etiológico influenza A (subtipo - H1N1), o mesmo que circula desde 2009. Em 31,14% (71 casos) foi descartada a presença do vírus de influenza e os demais seguem em investigação.

“A vacina é um fator importante na redução dos casos de influenza, uma vez que atingiu o público-alvo, o que favorecia, até então, o aumento de casos das síndromes respiratórias graves”, avaliou a gerente executiva da Vigilância em Saúde da SES, Renata Nóbrega.

Sobre óbitos registrados, os dados mostram a notificação de 49 casos de SRAG com suspeitas de algum vírus de influenza, sendo 11 confirmados a identificação viral para influenza A (H1N1), nos municípios de Alagoinha; Baía da Traição; Cacimba de Dentro; Campina Grande; João Pessoa; Matureia; Sousa; Jericó; Condado; e Monteiro. O número de mortes confirmadas é o mesmo do boletim anterior.

Foram descartados 21 casos para o agente etiológico de Influenza e 13 óbitos seguem em investigação. 




Correio/PB

Compartilhar Google Plus

Autor Radio Cenecista - FM 89.9 Picui PB

Postar um comentário